<$BlogRSDUrl$>

domingo, março 21, 2004

MINI-MI, O FILÓSOFO

Sou um galo. Moooooooooooooooooooo!
POESIA

Hoje acordei e vi
aquilo que era um cisne a suicidar-se
um homem que via e não via
lâmpadas que
o sol que tapava as peneiras
um candeeiro que matava torrões de açúcar
hoje acordei e vi
um dois ou mesmo quatro
o trinitron, a pila de argila
que manda os mauzões da história da terra
zinco, prata e um violino
um padre, um mamute e um alecrim
três vidros partidos
um cão e dois franceses pernetas
hoje acordei e vi
a minha mãe e uma maçã a tocar piano
hoje acordei e vi


Cromo, opus 2
QUEM É O MINI-MI?

Muitos de vocês, e muitos dos vossos amigos imaginários, têm perguntado quem é, afinal, Mini-Mi, o filósofo?
A respota reside no seguinte: Mini-Mi é
MINI-MI, O FILÓSOFO

O Herbie disse: "Olá!".
REBUÇADO, E NÃO RABAÇADO

Hoje, estava eu numa loja que vende coisas, quando ouvi uma criança a dizer, "Mamã, quero um rabaçado!".
Não é a mesma merda. Temos "rebuçado", que vem do latim: "re" (que significa doce) + "buçado" (sólido). E, depois, temos, "rabaçado", que vem do grego ordinário, e que é a junção de "rabo" + "assado".
Penso que esclareci muitos mineiros.

terça-feira, março 16, 2004

CROCODILOS, MATERIAL DE LABORATÓRIO, TOTALMENTE DIFERENTE DE CROCODILOS, ANIMAIS-ROBOTS

Muitas pessoas, judeus, deficientes, vendedores de donuts e católicos confundem os dois termos acima apresentados. Quando estou a almoçar com um padre ateu, lá vem o gajo dizer-me, "Conta-me como é que é trabalhar, no laboratório, com crocodilos!"...
Não há pachorra. É assim: os crocodilos, que são crocodilos, comem, dormem e jogam à bisca. Os crocodilos, não tão crocodilos quanto os outros, não têm vida, jogam à bisca e bebem champanhe. E já disse que minha avó não é puta. Apenas gosta muito de sexo.

MINI-MI, O FILÓSOFO

Sou um coelho.

segunda-feira, março 15, 2004

POEMA (HINO À VIDA)

A Vida é alegria!
Como um anão a foder!

A Vida é euforia!
Como um anão a masturbar-se!

A Vida é amor!
Como um anão a fazer 69 a outro anão!

A Vida é insólita!
Como um anão a comer tacos, enquanto coça o cu com uma lâmina de barbear!


Cromo, opus 1
COISAS QUE O DINHEIRO NÃO COMPRA

Ser investigador de crocodilos é, deveras, uma profissão arriscada. Todos vão pensar, "Este hermafrodita diz aquilo porque deve ser perigoso trabalhar com crocodilos...". Digo-te uma coisa, meu cabrão do caralho: se pensas que é por teres uma casa luxuosa, carros importados, mulheres e muito dinheiro, que me podes manipular, pois, olha, não é. Toma! Toma! Toma! Toma!, toma, toma, toma! Fode-te. Regalha-o entre o teu zaprovino do recto. Eu tenho uma coisa que nunca terás: amigos. Os crocodilos são meus amigos. E eu sou amigo dos crocodilos. Todos juntos, eu e os crocodilos, fazemos orgias fantásticas.
Aí está uma coisa que o dinheiro não compra!

quinta-feira, março 11, 2004

PÉ-CU-ACIMA

Hoje, acordei com o pé-cu-acima. Tirei o pé do rabo, tomei banho, pûs a minha colónia e, depois de todo produzido, voltei a meter o pé no cu.
A LENDA DO REI IGOR

Era uma vez, há muito tempo, um reino de crocodilos. Todos os dias, crocodilos e coalas levantavam-se para tomar café. Mal se levantavam, o rei Igor (um crocodilo super-obeso e mau) arrotava e todos iam dormir, outra vez. Há quem diga que isto é mentira. Outro dizem que esta história é como as almofadas. E todos nós sabemos o que é que se costuma dizer sobre as almofadas...

segunda-feira, março 08, 2004

AS ALMOFADAS TAMBÉM CRESCEM

Este Domingo foi um Domingo de surpresas. Além de ter descoberto o lado homossexual do meu pai, diverti-me à brava.
Estava eu dormir no jardim, às quatro da madrugada, quando oiço barulhos provenientes da minha casa-de-banho.
Abri a porta dos lavatórios e, depois de ruminar a comida do jantar, que ainda se encontrava na minha barriga, vi uma coisa colorida: vi o meu pai a beber chocolate quente (quase a ferver), enquanto comia sapateira. Olho para a minha direita, e vejo o meu tio a comer lagosta recheada com mousse. Depois, vi a minha avó a beber Jerupiga e a comer uma caixa de cotonetes. Enervado e, sobretudo, chateado por me terem acordado, gritei: "MAS QUE MERDA FREAK É ESTA? VÃO-SE TODOS EMBORA DA MINHA CASA-DE-BANHO!".
Foram-se todos embora e eu fiquei naquela casa-de-banho, pasmado, a olhar para um coelho anão que se encontrava a dormir na banheira. Foi aí que eu próprio fiz a minha comida de casa-de-banho. Peguei em ovos, salteei-os com melão, e comi tudo aquilo com sal. Depois, bebi sumo de laranja enquanto uma andorinha israelita me cosia cuecas de cartão.

sábado, março 06, 2004

MITOS E FACTOS SOBRE OS CROCODILOS

Como em tudo na Vida, há coisas que são verdade e outras que são mentira. E há outras que nós queremos que sejam mentira, quando são verdade (por exemplo, quando entramos em casa e a nossa mãe está a foder com o nosso melhor amigo de infância). Por isso, eu penso que, é melhor fazer uma lista das verdades e das mentiras acerca dos crocodilos.

MITOS:

-"O Crocodilo é mau"- que mentira! Os reflexos assassinos do crocodilo resultam do seu instinto animal. E os animais não têm moral. Logo, não podemos classificar o crocodilo, ou qualquer outro animal, como "mau".

-"O Crocodilo voa, mas baixinho"- isto é obra, como é óbvio, de um frade sodomita. A ordem dos frades Sodomitas está sempre com estas coisas. Um dia, lembro-me eu, um deles veio a minha casa para me acusar de homicídio. Ele disse que eu tinha morto três homens em Denver, 1987. Isso já foi há muito tempo. Estava um dia chuvoso. Os pássaros cantavam e os gafanhotos jogavam matrecos. Estava num beco sem saída. Os olhos daqueles homens...eu... (estou a chorar)...Foi em auto-defesa, juro!

-"Fiz amor com um crocdilo e agora sou banqueiro"- uma pessoa só se torna banqueira depois de ter feito amor com um elefante. Por isso é que tantos mexicanos têm essa profissão.


FACTOS SOBRE OS CROCODILOS


-"Os Crocodilos têm duas épocas do cio, por ano"- é verdade, sim senhor!

-"Os Crocodilos dançam o tango"- penso que é verdade. Mas, se formos pelas leis da Física, se uma andorinha faz amor em Janeiro, crocodilo que dança o tango, morre. Olha que giro! Fiz um trocadilho.

-"Espátulas, bonés, morangos"- isto é 100% verdade...


Espero que tenham uma melhor ideia do que afinal é este animal tão querido.




A MINHA AVÓ

A minha avó é exibicionista. Não porque se gaba muito, mas porque se gosta de despir em frente às outras pessoas, quando viaja de autocarro. A minha avó é, de facto, um marco na minha Vida. Já ela dizia, "Mais vale estar frio do que quente".




sexta-feira, março 05, 2004

LÁGRIMAS DE CROCODILO

Ao contrário do que as pessoas, e do que as bailarinas-travestis pensam, lágrimas de crocodilo não são lágrimas falsas.
Os crocodilos, poucos são os que sabem, são os guardiões do planeta Terra. Quando os extraterrestres nos querem atacar, os crocodilos assobiam e choram ao mesmo tempo. Os aliens, quando ouvem a mistura de choro e assobio, dizem:"Vamos comer comida chinesa!".
Portanto: lágrimas de crocodilo são uma metáfora para, "Todas as noites, diversos aliens, com pilas alienígenas, abusam sexualmente do meu rabo. Eu tenho que chorar lágrimas de crocodilo, para que aqueles tipos parem de me acariciar o recto...".
Pensem um bocado nisto e, depois de contarem as abelhas orgásmicas que existem em vossa casa, disfarcem-se de crocodilos e façam amor com andorinhas.



SEXO DE UM CROCODILO E SORVETES DE MELÃO

Há um assunto que intriga muitos cientistas, investigadores e talhantes: como identificar o sexo de um crocodilo? Fácil. O crocodilo, debaixo das suas penas, há-de ter, ou um pénis, ou uma vagina. No caso do pénis, o crocodilo vai ser Juiz. No caso da vagina, o crocodilo fará amor com trezentas libelinhas, enquanto cose fatos de nenucos pretos.
Acho que esta informação ajudará, não só os cientistas como também José Saramago.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Site Meter